Artigos Mais Lidos

Ano: 2015

As Tradições Xamânicas E Sua Incorporação À Mitologia Do “Papai Noel”

Antigos sacerdotes do norte, cogumelos, renas, São Nicolau e até um refrigerante famoso…

Este artigo tece um paralelo entre os costumes dos antigos xamãs siberianos, a elaboração da figura de São Nicolau e como tais histórias mesclaram e chegaram até nossos dias, transformada em "Papai Noel".

Já abordei em outra oportunidade que os atuais Terapeutas Holísticos descendem, em sua forma de terapia, dos antigos xamãs e sacerdotes, sendo que, é claro, adaptando as técnicas às normas da sociedade atual. Por exemplo, séculos atrás, o acesso ao inconsciente, não raro, era obtido via ervas alucinógenas, enquanto que, na Terapia Holística, o mundo onírico é alcançado de forma bem mais saudável, com métodos de relaxamento, associações de idéias, vivências induzidas pelo toque, hipnose, dentre outras opções.

Ato Falo

Ops, quero dizer: “Ato Falho” !

Claro que, quando realizado de propósito, trata-se de uma piada. No caso do título deste artigo, a simulação “homenageia” Freud e uma de suas pautas mais polêmicas.
 
Outrossim, no contexto terapêutico, dizer uma coisa, quando se pretendia expressar outra, pode ser bastante significativo, expressando desejos inconscientes. 
 

Iridologia – Novas Regras

[caption id="attachment_700" align="alignleft" width=""]Iris Vitruviana - Modelo: Luana - Arte Digital: Henrique Vieira FilhoIris Vitruviana – Modelo: Luana – Arte Digital: Henrique Vieira Filho[/caption]

É milenar a tradição de “os olhos como espelhos d’alma”, em que as terapias ancestrais observavam formato, grau de opacidade e coloração como indícios de saúde (ou falta dela…).
 
Modernamente, surgiram (e continuam a surgir…) novas “escolas” de Iridologia, que se propõem a analisar a imagem da iris até mesmo ao nível microscópico..

 

As Bolsas Das Mulheres

Mesmo que a maioria das mulheres modernas não aceite a tese de que o design da sua bolsa atrai a atenção masculina, todas concordam com a importância e utilidade da bolsa que representa um estilo de moda;  um recurso indispensável para carregar as coisas;  e um objeto para a segurança e  manutenção de uma imagem mais bonita e garrida.

Dependendo do caso, tudo o que está na bolsa é fundamental.

As mulheres se sentem protegidas e talvez, sua bolsa revele fragmentos da sua personalidade

O Mistério da Cor Violeta

[caption id="attachment_702" align="alignleft" width=""]Violeta - Modelo: Rilda - Arte Digital: Henrique Vieira FilhoVioleta – Modelo: Rilda – Arte Digital: Henrique Vieira Filho[/caption]

O violeta é a cor predominante no sétimo chakra, também chamado “coronário” ou chakra da coroa (alto da cabeça). 
 
É uma cor fria.
 
No passado não era uma cor bem vista, por ser muitíssimo usada na forração externa dos caixões (urnas funerárias), nos penachos e interior dos cochos (carros transportadores das urnas funerárias) e nos panos roxos de proteção colocados sobre os santos da igreja católica durante a quaresma.

 

Editorial Revista TH – 35a Edição

É com grande prazer que publicamos esta que é a 35a Edição Online da Revista TH, a Revista Oficial da Terapia Holística.
 
Além do já consagrado formato de “site”, que contém TODOS os Artigos já publicados neste cinco anos da Revista, prestigiaremos cada Edição, individualmente, que passará a ser publicada em formato de Revista Digital e em duas versões: a que maximiza a visualização em computadores desktop e a que extrai o máximo de conforto para a leitura em celulares e tablets.
 
Em recente relatório de acessos, constatamos um grande aumento de colegas que utilizam seus “smartphones” para apreciar a Revista TH e fizemos questão de evoluir o formato para que tenham a melhor experiência de leitura.
 
Com a proximidade dos feriados de Carnaval, esta Edição destacou temas relacionados.
 
Até a polêmica exposição do corpo é pauta do Artigo “Nudez Sagrada e Profana”.
 
Os Florais de Bach também foram enquadrados na temática, pois o Agrimony é bastante indicado para o comportamento generalizado nestes períodos.
 
Este floral talvez até auxilie a quem precisa lidar com “As Máscaras do Eu”, que é mais um tópico aqui tratado.
 
“Feriados e Consultórios: Como Conciliar” é uma preocupação natural nestes períodos e é pauta recorrente em nossa Revista. 
 
Certamente que esta Edição conta com tema atemporais. 
 
O bem-humorado Artigo “As Bolsas Das Mulheres” apresenta uma abordagem terapêutica deste essencial acessório.
 
Já o Artigo “O Mistério Da Cor Violeta” nos traz alguma luz nesta questão. 
 
E, claro, sempre é saudável uma boa polêmica construtiva: o Artigo “Iridologia – Novos Rumos, Novas Regras” abre caminho para o lançamento da Norma Técnica Setorial Voluntária específica para a reflexologia dos olhos. 
 
Nossos votos de excelentes leituras para todos !
 

 
  • Revista TH - 35a Edição

E, aproveitando que as conexões banda larga estão cada vez mais difundidas, ampliamos ainda mais os Vídeos disponíveis, bastando "clicar" nos que desejar assistir. incluindo, as palestras do Holística 2014 !